Resumo completo da semana de moda de Milão verão 2013

Padrão

O melhor da semana de moda de Milão verão 2013.Organizado por data.

Dia 19/09/2012

Gucci:

Cores a mil.

Destaques da coleção:

shapes simples e cortes retos, bem diferente dos longos vestidos esvoaçantes que a grife costuma apresentar. Apesar das silhuetas discretas, as cores vibrantes entraram em cena com força total. A estilista usou do vermelho ao azul cobalto, passando (com destaque) pelo pink. Um breve momento de calmaria contou com estamparia de cobra em tons de cinza – o toque fresh do desfile.

Golas e mangas também chamaram atenção. Entre volumes e babados, foram elas as responsáveis por dar movimento aos looks. Sem deixar a sensualidade de fora, o foco de pele à mostra ficou nas costas, com fendas e recortes ponderados. Arrematando os looks, maxicolares que acrescentaram toque feminino aos modelos com um quê da década de 1960.

Fonte: Modaspot.

Alberta Ferreti:

Lindo e super clean.

Destaques da coleção: Vestidos fluídos inundaram a passarela da estilista, repletos de detalhes delicados e ultrarromânticos. Calças cropped, regatas, saias lápis e blazers também fizeram aparição discreta e elegante. No fim da apresentação, os modelos longos ganharam toque glam com paetês, drapeados e tecidos de aparência acetinada.

Fonte: Modaspot.

Dia 20/09/2012

Max Mara:

Inspiração no safári.

Destaques da coleção:

A coleção vem repleta de verde militar, camelo, marrom e bege, além do animal print – que, inclusive, foi combinado ao xadrez e ao floral. Blusas de seda, tricôs, macacões e saias lápis de camurça drapeadas foram os destaques na passarela.O clássico e infalível preto também teve o seu momento, mesmo que rápido, com direito a transparências, referências à alfaiataria e ao estilo boyish, com ênfase nos ombros. O toque final ficou por conta das mangas dobradas.

Fonte: Modaspot.

Emporio Armani:

Um preppy moderno.

Destaques da coleção: Muitas peças inspiradas no guarda-roupa masculino, como shorts de alfaiataria, calças de modelagem ampla e blazers. Apesar da referência, a coleção surgiu feminina, com muita pele à mostra em decotes e minissaias. A cartela de cores passeou entre tons sóbrios, como verde militar, marrom e camelo, e nuances mais vivas, como azul claro, rosa e rosé. No fim do desfile, vestidos de corte reto, macacaquinhos e conjuntinhos ganharam charme com dose extra de brilho.

Fonte: Modaspot.

Prada:

Um toque de mistério no ar.

Destaques da coleção:  vestidos de comprimento logo abaixo dos joelhos e mangas 3/4, que cruzaram a passarela rodeada por sisudas colunas pretas. Entre o delicado e o exótico, saias e blusas de cetim dividiram a cena com casacos de pelúcia. Acrescentando o toque absurdo, típico da Prada, todas as modelos usaram meias metálicas, que vinham na companhia de flats com laços ou sandálias plataformas que lembravam os tamancos japoneses de madeira.

Fonte: Modaspot.

Dia 21/09/2012

Moschino:

Tudo preto no branco (depois surgem cores e estampas de flores,carteados e listras) e muito elegante.

Destaques da coleção: Estampas de flores e corações (no melhor estilo flower power) surgiram em cores vibrantes enfeitando minivestidos, calças e tops de modelagem ajustada ao corpo.As listras também deram o ar da graça, em versões tanto horizontais quanto verticais e nas mais variadas cores, com destaque para o azul e o laranja. Casacos de abotoamento duplo, uma das estrelas do inverno 2013 da grife comandada por Rosella Jardini, voltaram nesta temporada em versões cropped e com mangas ¾, mais apropriados para os dias quentes.

Fonte: Modaspot.

Just Cavalli:

Produções que poderiam serem usadas no dia a dia sem medo.

Destaques da coleção: Transparência, branco e animal print – este misturado à estampa floral.

Em seguida, os detalhes adamascados, típicos dos azulejos portugueses, se destacaram em looks exclusivamente brancos e azuis, dando forma ao blazer estruturado e ao vestido fluido.O crochê também teve o seu momento, aparecendo em produções masculinas e femininas, em modelagens amplas e cheias de recortes. Passagem rápida também tiveram os tons pastel, que logo deram lugar a peças brilhantes e minivestidos com estampas digitais, que misturam referências étnicas e tribais com um leve tie dye.

Fonte: Modaspot.

Etro:

E vejo flores em você…

Destaques da coleção: cores e as estampas, deixando os cortes e shapes mais simples e retos. A inspiração oriental ficou clara nos quimonos (com mangas amplas e amarrações na cintura) e prints de flores e pássaros. Após o início temático, a coleção ficou mais democrática, com vestidos de um ombro só, bermudas larguinhas e até caftãs com padronagem colorida e exótica. Ao final, os looks de festa surgiram exuberantes, em meio a tons vibrantes, como verde e amarelo, e paetês. Peças P&B, hit nas passarelas internacionais, também foram apresentados, entre saias longas e blusas com estamparia geométrica.

Fonte: Modaspot.

CNC  Costume Nacional:

Um toque militar nunca é demais.Um desfile urbano é usável no dia a dia.

Destaques da coleção: O verde militar coloriu minivestidos de corte assimétrico, shorts e tops transparentes da primeira série de looks, finalizada por um macacão com estampa militar estilizada.Em seguida, o minimalismo da coleção tomou forma por meio de looks totalmente brancos e pretos. O destaque então ficou por conta dos materiais utilizados, como tecidos brilhantes (entre eles o cetim) e o couro.

Fonte: Modaspot.

Bluemarine:

A imprenssão que fica,é que as modelão são fadinhas muito estilosas.Lindo e com toque vintage.

Destaques da coleção: Cores como o branco, o preto e os tons pastel. Outro ponto responsável por conferir uma atmosfera onírica à apresentação foi a fluidez das peças, especialmente saias e vestidos longos, e seus delicados materiais, a exemplo do tule, renda e cetim. O toque de sensualidade da coleção ficou por conta das generosas fendas e das transparências.

Fonte: Modaspot.

Versace:

Sexy.

Destaques da coleção: Toques pontuais de renda, que apareceu para deixar muita pele à mostra. Em um segundo momento, o tie-dye surgiu forte, tirando do comum itens como batas, vestidos assimétricos, camisas e maxicoletes. O fim do desfile ficou reservado aos modelos longos, que logo devem ganhar um espaço no closet das celebridades. Vaporosas, as peças contavam com bordados, brilhos, franjas e fendas pra lá de profundas.

Fonte: Modaspot.

Versus:

Love colors.

Destaques da coleção: Tons vibrantes de rosa, amarelo e azul apareceram em alegres looks total color. Detalhes fofos, como as correntinhas coloridas, transformaram peças e acessórios em verdadeiros brinquedos. O shape veio como as jovens gostam: silhueta soltinha e comprimentos míni.

Sportmax:

Referências do sport chic.

Destaques da coleção: Recortes precisos, enviesados, patchworks modernos, listrados, quadriculados e largos debruns de vinil deram vida a casacos, vestidos e saias em cores sóbrias, como branco, preto, alguns pontos de laranja e diferentes tons de verde, dos mais apagados aos mais vibrantes. Destaque para as boas jaquetas, para o vestido curto com zíperes desenhando as laterais da cintura, fazendo as vezes de pregas, e para o tecido que imita o tecido pied-de-coq em vazados e transparências.

Fonte: Modaspot.

Dia 22/09/2012

Bottega  Veneta:

Flores e mais flores.

Destaques da coleção: A silhueta da década de 1940 apareceu revisitada e com ares contemporâneos: ombros mais suaves e muitas estampas florais.Delicados conjuntos de malha e em detalhes que fazem a diferença: aplicações, franjas, transparências e drapeados. Outro destaque foram os acessórios: bolsas quadradas e plataformas que prometem deixar as mulheres nas alturas.

Fonte: Modaspot.

Frankie Morello:

Cores em você.

Destaques da coleção: O desfile resgatou o brilho e a alegria da década de 1980 para a coleção de verão 2013 da grife. O formato de um raio, característico dos acessórios e roupas da época, apareceu em forma de recortes, brincos e até de lapelas. O cetim e as transparências reinaram quase absolutos, deixando um pouco de espaço para rendas e estampas florais. Referências ao sportswear estiveram presentes em shorts e jaquetas e nos bodies que fecharam o desfile.

Fonte: Modaspot.

Fendi:

O desfile mostrou o poder do couro.

Destaques da coleção: Nuances em blocos de cores que formavam vestidos e conjuntos com pegada vintage. Os movimentos cubista e da escola de Bauhaus foram inspirações para os cortes e ângulos. Couros e peles, materiais que fizeram a fama da Fendi há quase um século, apareceram em peso, adaptados para roupas de verão. Clássico da grife, a bolsa Baguette apareceu multicolorida e acompanhada por um pingente em formato de cubo de couro, pequeno detalhe que promete fazer sucesso entre as fashionistas na próxima estação.

Fonte: Modaspot.

Emilio Pucci:

Um trabalho primoroso.

Destaques da coleção: Uma sequência de vestidos e conjuntos brancos em tecido transparente ricamente bordados com motivos orientais como tigres e dragões. Modelagens que remetiam aos quimonos e referências militares foram outro ponto do desfile. As estampas, indispensáveis em qualquer coleção Pucci, também vieram com toques do oriente.

Fonte: Modaspot.

Dia 23/09/2012

Marni:

Tudo muito equilibrado.

Destaques da coleção: Xadrezes com um leve efeito tridimensional e de grandes florais de inspiração oriental.Variações da silhueta em linha A, apresentando peças de corte amplo em couro e algodão. Paetês e peplums, detalhes que estão em evidência há algumas temporadas, também fizeram parte da coleção.

Fonte: Modaspot.

Trussardi:

Um clima fresh no ar…

Destaques da coleção: Combinações em amarelo pastel e leves vestidos primaveris com estampas florais. Elementos da alfaiataria masculina, como blazers de abotoamento duplo, também apareceram, simbolizando o poder conquistado pelas nova-iorquinas. Um dos carros-chefe da grife, o couro foi usado em jaquetas, vestidos, blazers, calças e bermudas.

Fonte: Modaspot.

Dolce &  Gabanna:

Um lindo trabalho de estamparia e riqueza de detalhes.

Destaques da coleção:

A silhueta foi mais ampla e os saltos diminuíram, a maioria dos sapatos veio flat ou com saltos kitten. Materiais e técnicas artesanais característicos do sul da Itália chamaram a atenção, como os corseletes em ráfia e os conjuntos tramados. Apareceram também vestidos feitos com uma espécia de saco de estopa (como o usado pela top Kasia Struss) que levava o nome da coleção e uma referência à cidade de Taormina, tradicional ponto turístico da Sicília. Listras grossas e estampas que remetiam ao folclore siciliano deram charme aos looks.

Fonte: Modaspot.

Byblos:

Desfile com ar romântico e jovial.Lindo!!!

Destaques da coleção: Desfile cheio de saias rodadas, principalmente as pregueadas, e com shape em A — que desponta como o modelo queridinho da estação. A coleção jovem apostou em cores suaves e alegres – como um tom lavado de amarelo, que contrastava com rosa-choque, até um discreto dourado. As estampas, por sua vez, passearam por padrões geométricos e listras.

Fonte: Modaspot.

Missoni:

Mais uma grife que leve o clima fresh para as passarelas de Milão.

Destaques da coleção: Looks brancos e clarinhos, muitas transparência e detalhes de tons pastel em degradês. Para a estação mais quente do ano, o comprimento das calças subiu e a famosa padronagem em zig-zag da Missoni apareceu de cara nova em conjuntinhos, blusas e vestidos. Referências ao sportswear não faltaram, seja nos bodies colantes, seja nos tecidos de aspecto tecnológico.

Fonte: Modaspot.

Salvatore Ferragamo:

Pesado para um verão tropical.

Destaques da coleção: Apresentou uma coleção com inspiração militar pra lá de invernal. Os trench coats reinaram absolutos em materiais como couro e camurça. A seleção de cores também foi sóbria: preto, camelo, oliva, nude e branco. Para os dias de calor, a solução serão as minissaias e as botas de cano altíssimo com a ponteira aberta, híbrido inusitado de cuissardes e sandálias. Considerando a experiência da grife em calçados, pode crer que o acessório fará sucesso.

Fonte: Modaspot.

Giorgio Armani:

Um desfile admirável,cheio de referências masculinas.

Destaques da coleção: Muito cetim e tecidos leves foram usados nas peças, que apareceram em tons lavados e diversas variações de azul e verde, além do preto. O toque boyish ficou por conta dos sapatos oxford e alguns blazers ajustados. Calças e conjuntinhos estilo pijama também fizeram parte do desfile. Estampas abstratas lembravam mares e galáxias.

Fonte: Modaspot.

Dia 24/09/2012

Dsquared2:

Sexyglam.

Destaques da coleção: Apostou em peças de microcomprimento, hot pants, tops e uma enxurrada de acessórios – entre pulseiras, correntes, colares e aneis.Na passarela, brilharam vestidos e jaquetas de couro, shorts e saias jeans, blazers coloridos e muitos quepes, à la policial de filme norte-americano. O resultado foi um visual over, mas nada cafona, marca registrada da moda italiana. Na cartela de cores, preto e branco dividiram atenções com pink, vermelho e o dourado dos bordados e acessórios.

Fonte: Modaspot.

Roberto Cavalli:

Mulher fresh,sexy e fashion ao mesmo tempo.

Destaques da coleção: Um rico trabalho em rendas e bordados. Esses detalhes artesanais, aliás, pontuaram toda a coleção e enfeitaram glamourosos vestidos de comprimento longo e mídi. As famosas estampas animais também tiveram espaço, mas sem muito destaque, e surgiram em forma de píton e leopardo. Fendas e transparências – que fizeram a fama de Cavalli – deram o toque sensual da coleção ao lado de profundos decotes e recortes. Muita pele à mostra! E, na cartela de cores, verde e laranja cítricos iluminaram os predominantes preto e branco.

Fonte: Modaspot.

Giafranco Ferré:

Moderno e conteporâneo.

Destaques da coleção:Looks monocromáticos, peças estruturadas e cortes assimétricos. O preto e o branco reinaram absolutos na passarela, enquanto o píton foi a única estampa a fazer uma rápida aparição na nova coleção. O ponto de cor do desfile ficou por conta do comprido cinto dourado usado com amarração na cintura. O destaque da apresentação ficou por conta dos vestidos de comprimento micro, que surgiram ora retos, ora assimétricos, com alguns detalhes em couro.

Fonte: Modaspot.

Top 15 melhores desfiles:

1. Byblos;

2. Roberto Cavalli;

3. Gianfranco Ferré;

4. Blemarinei;

5. Dsquared2;

6. Etro;

7. Bottega Veneta;

8. Fendi;

9. Giorgio Armani;

10. Dolce & Gabanna;

11. Emilio Pucci;

12. CNC Costume Nacional;

13. Versus;

14. Trussardi;

15. Gucci.

Lista de tendências da semana de moda de Milão verão 2013 (geral) :

  • Influências orientais (quimonos estilizados,estampas e obis (faixas largas no meio da cintura);
  • Estampas florais;
  • Vestidos multicoloridos;
  • Saias em formato A;
  • Branco total;
  • Tons neutros (cáqui,creme e verde escuro);
  • Inspiração safári;
  • Amarrações;
  • Conjuntinhos;
  • Cintura baixa;
  • Transparências;
  • Cores preto e branco;
  • Bordados;
  • Renda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s